sábado, outubro 25, 2008

Dilui-se no vento o tempo
Um laço que se desfaz
Um coração que se parte
Um amor que se vai

Tropeça no caminho
Corre ao infinito, voa
Pássaro veloz, atroz
Socorrido pela paixão

Tempo que não volta
Tempo que dilacera
Retorno sem espera
É o fim

1 Comentários:

Blogger Rafael disse...

Não sabia que tinha blog... adorei o que li, ganhou um novo leitor heheh... beijaooo

10:47 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial